sábado, 15 de abril de 2017

NEW RIO DO BRÁS

  


Esta marina inshore - ano após ano distinguida com a Bandeira Azul - poderia ("mutatis mutandis") ser em Canasvieiras, praia de Florianópolis/SC, recebendo em seu interior - como venho sugerindo com apoio do experiente engenheiro costeiro Braga Martins e do dedicado geógrafo José Luiz Sardá - além de embarcações de esporte e recreio, barcos de pesca artesanal e tenderes trazendo turistas de cruzeiros fundeados ao largo.   

Mas é no Mar Egeu: trata-se da Sani Marina, que conta com resort e concessão balnear da faixa de areia, ordenando a orla...  

Projeto conceito para o Rio do Brás - prevendo fixação da barra com molhes, despoluição, desassoreamento, macrodrenagem e aproveitamento das margens como espaço comunitário de lazer - já foi gratuitamente apresentado pelo Braga à comunidade em evento sobre saneamento que realizei no auditório - lotado - do S7 Coworking, onde há dois anos instalei o escritório!   

Quem não foi, perdeu...

2 comentários:

  1. Parabéns!!!!!Agora queremos ver fora do papel, e a construção física do emprendimento.

    ResponderExcluir
  2. José Luiz Sardá26 de abril de 2017 17:22

    O Estudo Ambiental Simplificado que está sendo realizado pela CASAN, possibilitará um diagnóstico mais amplo, com critérios e diretrizes de ações para o desassoreamento do Rio do Brás, com possibilidades e viabilidade técnica para a sua revitalização e construção de molhes de fixação na barra do rio do Brás. Penso que ajudará na solução da macro drenagem e permitirá também o acesso de pequenas embarcações de dezenas de pescadores artesanais da baía de Canasvieiras e barcos de recreio, tornando um espaço de lazer, esportivo, cultural e de educação ambiental, integrando a trilha ecológica do rio do Brás localizada no Sapiens Parque, além da revitalização e humanização das margens, com deques, uma ponte pênsil estilo da construída no canal da Barra da Lagoa, servindo como ponto turístico e porto para pescadores, mirante, entre outros equipamentos de serviços para nós moradores e turistas, como também à implantação do transporte marítimo, integrando com o rodoviário.Outra possibilidade a ser pensada seria a instalação de uma rede coletora de esgoto para as escunas, pois como todos sabem, todo os dejetos cloacais são despejados na Baía de Canasvieiras, além de um posto alfandegário e bilheteria administrado pela prefeitura, entre outras alternativas e possibilidades... Penso serem alternativas viáveis a curto, médio e longo prazo para a foz do rio do Brás, claro com a conscientização da população de parar de jogar esgoto na rede coletora de drenagem, a céu aberto e diretamente nos rios, conjuntamente as ações em curso propostas, que estão sendo realizadas pela Casan e Prefeitura.

    Forte abraço Ernesto São Thiago

    ResponderExcluir